Guia de Doenças e Tratamentos

Quando se conhece melhor as diferentes doenças e seus tratamentos torna-se mais fácil o diálogo com o médico, entendendo suas orientações e conseqüentemente abreviando o tempo do tratamento.

As informações contidas neste site são destinadas ao público brasileiro e têm caráter informativo, não devendo ser usadas para incentivar a automedicação ou substituir as orientações médicas. O médico deve sempre ser consultado a fim de prescrever o tratamento adequado.

 

Letra H

Hipertensão

O que é hipertensão?

Hipertensão é o termo médico usado para pressão arterial elevada. É definida no adulto como uma pressão arterial maior que 140 mmHg para pressão sistólica e 90 mmHg para pressão diastólica.

Quando uma pessoa tem hipertensão, os seus vasos sanguíneos se contraem e diminuem a sua luz, forçando o coração a trabalhar mais para movimentar o sangue através do corpo. Este processo pode facilitar o depósito de gordura (colesterol) nas paredes das artérias, levando à arteriosclerose e, eventualmente, infarto e derrame.

Em alguns casos, a pessoa hipertensa pode sentir dor de cabeça, tontura ou mal-estar, mas muitas vezes, quando a pessoa sente alguma coisa, a pressão alta já danificou o seu organismo. Os principais órgãos atingidos pela hipertensão são o coração, os rins e o cérebro. São os chamados órgãos-alvo.

A hipertensão acomete 19% da população brasileira acima de 18 anos, sendo a doença crônica de maior prevalência.

O que é pressão arterial?

Todos nós temos uma pressão arterial. O sangue, ao ser bombeado pelo coração através das artérias, cria uma força contra a parede das artérias. A resistência que a parede das artérias oferece é que determina a sua pressão arterial.

A pressão arterial é medida em milímetros de mercúrio (mmHg) e é dada por dois números. O número maior refere-se ao momento que o coração está bombeando o sangue (pressão sistólica) e o número menor refere-se ao momento em que o coração está em repouso (pressão diastólica).

A pressão arterial varia durante o dia e também conforme atividades que exercemos, como por exemplo, exercícios físicos.

Como saber se tenho hipertensão?

O melhor meio é procurar um médico para checar a medida de sua pressão arterial e diagnosticar qualquer alteração precocemente. Lembre-se de realizar estas medidas a cada ano. Se você tem algum fator de risco para desenvolver hipertensão ou doença cardíaca, este intervalo deve ser menor, a cada três meses.

O que é hipertensão do avental branco?

Algumas pessoas apresentam hipertensão apenas pelo fato de ir ao médico, pois esta situação pode gerar ansiedade. Esta condição é chamada de hipertensão do avental branco.

Quais são as causas da hipertensão?

Existe uma série de fatores que levam uma pessoa a apresentar hipertensão. Alguns são inerentes, como sexo por exemplo, e outros são modificáveis, ou seja, podem ser controlados. Mas saiba que a hipertensão pode atacar qualquer pessoa, nervosa ou calma, gorda ou magra, e assim por diante.

Alguns fatores que aumentam o risco da hipertensão:

Sexo
Homens têm maior probabilidade de desenvolver hipertensão que mulheres. As mulheres desenvolvem hipertensão 10 anos após os homens, mas ambos têm como principal causa de morte, as doenças cardiovasculares.

Idade
O risco aumenta com a idade. Os homens começam a aumentar a pressão arterial a partir dos 45 anos e as mulheres a partir de 55 anos.

Hereditariedade
Pessoas que têm na família, pai, filho ou irmão com histórico de infarto ou derrame antes de 55 anos, ou filha ou irmã com histórico de infarto ou derrame antes dos 65 anos, têm maior risco. Apesar disso, se o indivíduo controlar os outros fatores de risco, ele poderá reduzir o seu risco apesar do antecedente familiar.

Raça
Pessoas negras têm maior risco de desenvolver hipertensão.

Diabetes
O diabetes acelera o desenvolvimento de arteriosclerose e aumenta o risco de doenças cardiovasculares.

Fatores que você pode controlar

Tabagismo
Fumantes têm duas vezes mais risco de desenvolver doença cardiovascular que não fumantes. Converse com o seu médico sobre a possibilidade de parar de fumar.

Exercícios
Praticar exercícios leves a moderados por 30 a 45 minutos, três vezes por semana, pode ajudar a reduzir a pressão arterial.
Não se esqueça de que é preciso falar antes com o seu médico.

Dieta sem gordura e balanceada

Grande parte dos hipertensos está acima do peso ideal. Uma dieta balanceada e a redução do peso ajudam a reduzir a pressão arterial.

Reduzir a ingestão de sal
O consumo de sal em excesso pode provocar aumento nos níveis de pressão.

Diminuir o estresse
Discuta com seu médico a melhor forma de diminuir o estresse. Procure fazer atividades que lhe deêm prazer. É importante preservar a qualidade de vida.

Anticoncepcionais
Alguns anticoncepcionais provocam o aumento da pressão. Se você é mulher e é hipertensa, discuta esta questão com o seu médico.

Como posso me prevenir?

Através de uma alimentação saudável, da prática de exercícios e da manutenção de um peso adequado, você estará colaborando para manter a sua pressão arterial adequada. Coma alimentos com pouco sal.

Algumas pessoas, apesar de adotarem todas estas medidas, precisam tomar medicamentos para controlar a sua pressão.

Quais são os cuidados com a medicação?

Se o seu médico lhe receitou algum remédio, nunca pare de tomá-lo. Estabeleça uma rotina e procure tomar o seu remédio sempre na mesma hora, por exemplo, ao tomar o café da manhã. Se você for viajar leve o seu medicamento junto. A sua pressão pode estar controlada durante o uso da medicação, mas se você parar o tratamento, a pressão arterial volta a subir. Se você apresentar alguma reação diferente com o medicamento, procure o seu médico para que ele avalie a necessidade de trocá-lo. Lembre-se que o tratamento da hipertensão é por tempo indeterminado.